10 de nov de 2015

Risoto preguiçoso de shitake na panela de pressão #vegano #lactofree

 

Gostaria de anunciar que acabei de eleger o risoto como prato fixo no cardápio de fim de semana aqui em casa. Tem coisa melhor do que tomar seu café da manhã de sábado sem pressa, e sem se preocupar com almoço pois você sabe que quando bater a fome, é só colocar tudo na panela de pressão e em cinco minutos ter uma refeição deliciosa e quentinha? Minhas amigas donas de casa hão de concordar comigo. 

Eu passei muito tempo achando que comprar arroz arbóreo era um absurdo de caro. E não dá pra comparar com o preço do arroz comum mesmo. Mas depois que comecei a comprar a granel o preço caiu bastante (compro no Empório Pura Vida, na Rua da Praia), e por ser um prato único e que rende bastante, você acaba economizando de outros modos. Fora que eu não me prendo a ter que usar vinho branco, e nem mesmo parmesão. Se tiver, ótimo. Mas se não tiver, não é motivo pra não comer meu risoto e achar uma delícia. Pra que complicar o que pode ser tão simples né?

Desta vez escolhi fazer com shitake, meu cogumelo preferido, o mais perfumado de todos, hummm!!! A dica é: se você não encontrar o shitake fresco com facilidade (como eu) compre o shitake seco inteiro, e não aquele que já vem fatiado. Apesar de ser mais barato, o shitake fatiado continua borrachudo mesmo depois de hidratado, já o inteiro depois de hidratado e fatiado fica muito mais macio e gostoso. Comprei também lá no Empório Pura Vida e um saquinho com 40 gramas saiu por R$ 8,00. Parece um absurdo né, mas depois de hidratado e fatiado ele rende MUITO! Agora chega de conversa e bora pra receita (que serve quatro pessoas):
  • 40 gramas de shitake seco inteiro (ou 5 shitakes frescos)
  • 1/2 xícara de shoyo
  • 2 xícaras de arroz arbóreo
  • 1/2 cebola picada
  • Sal a gosto
  • 6 xícaras de água quente
  • Azeite para refogar
  1. Primeiro coloque o shitake nas 6 xícaras de água quente para hidratar por pelo menos 30 minutos
  2. Retire o shitake e reserve a água
  3. Na panela de pressão coloque o arroz arbóreo, a água do shitake, a cebola picada e sal a gosto
  4. Leve a panela tampada ao fogo e marque o tempo, após iniciar a pressão apague o fogo ao passar cinco minutos
  5. Enquanto isso, fatie os cogumelos em fatias finas, despreze o cabinho
  6. Aqueça uma frigideira ou panela grande com azeite e refogue as fatias de shitake
  7. Adicione o shoyo, misture, tampe a panela e mantenha em fogo baixinho olhando o ponto de vez em quando, quando eles estiverem bem macios, pode apagar o fogo - eles ficam prontos praticamente ao mesmo tempo do arroz na panela de pressão
  8. Quando o arroz estiver pronto, abra a panela e com uma colher mexa vigorosamente os grãos para que soltem o amido
  9. Transfira o arroz para a frigideira com os shitakes, misture tudo muito bem, confira o sal e finalize com um fio generoso de azeite (quem puder/quiser/amar: finalize com uma colher generosa de manteiga gelada e misture bem)
  10. Sirva a seguir, risoto a gente come na hora que fica pronto!
Se eu tivesse uma cebolinha picada pra finalizar o prato teria ficado muito mais bonito, né? Mas cozinha de verdade é assim mesmo, a foto nem importa tanto, o importante é ficar gostoso =)

3 comentários:

  1. To indo pra Recife em Dezembro e algo me diz que vou exagerar nas compras nesse 'Empório Pura Vida'!

    ResponderExcluir
  2. Ameeeei a dica da panela de pressão, super prático! Nunca usei a panela de pressão para fazer risotos e agora estou super curiosa! Hehe
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Magnifico e depois desse Risoto, nunca mais tive problemas com vontade de comer um Risoto na boa rsrs. Alias o básico que é o Risoto pode ser incrementado com tudo que você imaginar de abobrinha refogada a queijos e camarão.
    Obrigado.

    ResponderExcluir

Esta e outras receitas você encontra no www.pitadinha.com

Related Posts with Thumbnails