14 de ago de 2015

Sabores do norte




Amazonense que mora longe da terrinha vive na eterna saudade das comidas que lembram nossa infância com baré na hora da merenda, os almoços de família com aquela matrinxã suculenta, farinha do Uarini e creme de cupuaçu de sobremesa. Aliás, amazonense não faz churrasco, amazonese se junta pra assar um peixe. E dessas coisas a saudade nunca passa. Só alivia um pouco com os contrabandos que a gente consegue aqui e ali, e assim aproveitamos que eu, meu irmão e minha cunhada tínhamos alguns ingredientes e preparamos um almoço de respeito. 

 
#Farofa de açaí: ganhei do marido de presente o livro Cozinha de Origem, do chef Thiago Castanho, e desde que bati o olho nesta receita sabia que tinha que prepará-la. Consiste na fabricação da farinha desde o início do processo e isso é simplesmente o máximo! A melhor parte é que as farinhas do norte são assim, mais grossinhas mesmo, o que facilita a reprodução caseira.
  • 300g de macaxeira descascada e cortada em cubos
  • 2 pacotinhos de polpa congelada de açaí
  • Sal a gosto
  • 1 colher de sopa de manteiga
  1. Derreta a polpa de açaí por 1 minuto no micro-ondas
  2. No processador bata a macaxeira com o açaí até virar uma pasta
  3. Transfira a pasta para um voal ou um pano de prato e esprema retirando o máximo de água possível
  4. Em uma panela grande, leve a massa seca para tostar em fogo baixo, mexendo sempre, até virar a farinha
  5. Tempere com sal e a manteiga, misturando até derreter

 
#Arroz de pirarucu com banana pacovã: Tinha 500g de pirarucu que ganhei da minha mãe na geladeira há quase seis meses, esperando por uma ocasião especial. Pirarucu é um peixe delicioso, é o nosso bacalhau, só que mais gostoso, desculpa.
  • 500g de pirarucu dessalgado
  • 3 xícaras de arroz parboilizado
  • 1 cebola picada
  • Azeite para refogar
  • 1 banana pacovã (banana da terra) cortada em fatias
  • Coentro a gosto
  • Sal 
  1. Coloque o pirarucu em uma assadeira, regue com azeite e leve ao forno para assar por 30 minutos
  2. Desfie o pirarucu e reserve
  3. Refogue a cebola no azeite, frite o arroz e acrescente 6 xícaras de água quente, mantenha em fogo baixo na panela semi-tampada até cozinhar o arroz
  4. Em uma frigideira grelhe as fatias de banana
  5. Misture o arroz com o pirarucu, as bananas e o coentro picado
 
#Bolinho de piracuí: pra quem não conhece, piracuí é uma farinha de peixe, técnica utilizada para conservação de peixe e que resulta numa farinha de sabor acentuado e delicioso, perfeita para estes bolinhos que meu irmão preparou. Ganhei esta farinha da Patrícia, uma amiga-leitora que lembrou de mim quando foi ao Pará e trouxe esta pequena porção de felicidade.
  • 4 batatas inglesas
  • 1 ovo
  • Coentro picado a gosto
  • 1 xícara de piracuí
  • Sal e pimenta a gosto
  • Farinha de rosca
  • Óleo para fritar
  1. Cozinhe as batatas descascadas e cortadas em cubos, escorra a água, amasse e reserve
  2. Misture a gema, o piracuí, sal, pimenta e coentro picadinho
  3. Modele as bolinhas, passe na clara, empane na farinha de rosca e frite em óleo quente até dourar
  4. Escorra em papel toalha
A fome era tanta que não lembrei de tirar foto do prato com a câmera, mas vai a do celular mesmo:

Preciso dizer que foi  um almoço feliz? Não né!!! E pra completar ainda tinha Baré - o melhor guaraná do mundo - e de sobremesa um pavê de cupuaçu que minha cunhada preparou, e que não tirei foto por motivos de devoramos tudo!

 Eu sei que muita gente não vai entender metade dos nomes que citei neste post, mas quem tiver a oportunidade de conhecer a culinária do norte do país, aproveite. Você não vai se arrepender =)

6 comentários:

  1. Fui para Belém nessas férias. Uma experiência gastronômica! !! Culinária deliciosa e diferente da nossa. Comi filhote todo dia!

    ResponderExcluir
  2. Ebaaaaa que bom ter contribuído pra esse almoço tão cheio de saudade... Continuo por aqui em terras nortistas mas assim que puder vou pra Recife pra matar as minhas saudades... Um cheiro grande lindona!

    ResponderExcluir
  3. Morei 5 anos em manaus ... agueiii a boca aqui ... delicias que só quem já comeu sabe ... ahhhh esse baré kkkkkk delicia !!!

    ResponderExcluir
  4. Sei bem do que vc falou! Sou de Barcarena no Pará e amei as receitas. Mas essa receita de farofa de açaí eu não conhecia! Farofa de açaí pra mim, só a que a gente faz ao finalizar uma tigela de açaí do grosso e põe farinha pra raspar todos os resquicios da tigela. Hahaha! Gordice mesmo! Adorei o post!

    ResponderExcluir
  5. Que delícia! Fui em Manaus mês passado e me apaixonei pelo bolinho de piracuí do bar do Armando! Também comi pirarucu e achei delicioso!!!!!!! Minha memória gustativa deu pulinhos de alegria aqui!

    ResponderExcluir

Esta e outras receitas você encontra no www.pitadinha.com

Related Posts with Thumbnails