11 de jul de 2014

Farofa do amor


Eu sempre fui uma observadora de farofas. Sempre que tentava fazer ficava seca demais, ou embolotava toda, então queria descobrir o grande segredo por trás das farofas torradinhas e úmidas na medida certa. Até que um dia assistindo o Super Chef da Namaria Braga, vi a mestra Roberta Sudbrack ensinando aos candidatos a sua super farofinha de cenoura. Tan-dam: o segredo era a quantidade e hora certas de misturar os ingredientes. A partir deste dia minha farofa nunca mais foi a mesma. Quem prova nunca mais esquece. Sempre sirvo junto com a feijoada, mas é ela que acaba virando a estrela do almoço. Acho até que faço a feijoada de acompanhamento da farofa hahaha. Olha só o segredinho:
  • 1 cenoura ralada
  • 1/2 cebola cortada em fatias bem fininhas
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 colher de sopa de azeite
  • Sal e pimenta a gosto
  • Farinha de mandioca quanto basta (mais ou menos umas 2 xícaras)
  1. Aqueça uma panela média com a manteiga e o azeite
  2. Junte a cebola fatiada e refogue até dourar
  3. Junte a cenoura e refogue até murchar
  4. Tempere com sal e pimenta
  5. No fogo baixo, junte 1/2 xícara da farinha e misture bem - vai dar uma embolotada mas depois vá soltando com a colher
  6. Adicione mais 1/2 xícara de farinha e misture bem, repita até obter uma farofa torradinha e soltinha (dependendo da farinha pode precisar de mais ou menos que 2 xícaras, então é o seu olhômetro quem vai dizer quando estará no ponto)
  7. Acerte os temperos se necessário e sirva
A feijoada também tem seus segredinhos: sempre fica mais gostosa de um dia para o outro! Depois que descobri que no açougue perto de casa tem um "kit feijoada" super em conta, me pego com ela quando tenho que alimentar bastante gente. Coloco 500 g dessa mistura para feijoada em uma panela com água e deixo ferver pra tirar o excesso de sal. Depois escorro e junto com 500 g de feijão na panela de pressão, uma folha de louro, mais 1 linguiça calabresa picada e água cobrindo tudo. Daí é só esperar cozinhar e acertar o sal se precisar - nunca precisei. Cozinha umas 3 xícaras de arroz, refoga 2 ou 3 maços de couve e você serve aí muito bem umas seis pessoas tranquilamente (até mais, dependendo se é homem/mulher/criança). 

Amanhã é sábado. Dia de almoçar mais tarde, dia de jogo do Brasil, dia de reunir os amigos... Bora de feijoada? Se o Brasil ganhar, vai ser lindo. Se perder, tem farofa do amor pra consolar =)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta e outras receitas você encontra no www.pitadinha.com

Related Posts with Thumbnails