13 de mar de 2013

Tantas coisas

Esperei a poeira baixar um pouquinho pra dar notícias para quem perguntou por nós (eu e o baby):


1. No finalzinho da gravidez recebi o diagnóstico de diabetes gestacional, fiquei arrasada, choray, porque fiquei morrendo de medo do Daniel nascer com problemas respiratórios, ter hipoglicemia, ir pra uti, mas enfim, entrei na dieta e levei agulhada toda semana pra acompanhar as taxas, que graças a Deus se mantiveram boas até o parto, que foi marcado para as 38 semanas. Sim, sou #mãedecesárea.
2. Daniel nasceu lindo e fofo, com uma bochecha que não canso de dar cheirinho o dia todo. Super saudável, não teve nenhuma complicação, muito muito calminho, até parece que sempre esteve aqui do lado de fora. Às vezes até pega no sono sozinho, acredita? Estou assim, muito apaixonada pelo meu filhote. 
3. Minha princesa, que até então era o centro das atenções, se saiu super bem na adaptação com o irmão. Teve seus momentos de #tpmfeelings, mas sinceramente, foi muito melhor do que eu esperava, e acho que as pessoas adoram fazer terror sobre isso e encher a cabeça da gente de minhoca. Cada caso é um caso, né? Minha filha me encheu de orgulhinho e às vezes flagro ela olhando toda derretida pro irmão, lendo historinha pra ele, fazendo cafuné... Coisa linda demais.
4. Foi tudo muito lindo e perfeito, mas de novo tive dificuldades na amamentação. Como só amamentei Nanda até os seus 3 meses, e mesmo assim sempre complementando, criei milhões de expectativas nessa segunda gravidez. É um assunto dolorido pra mim, é frustrante na verdade. Estamos tentando com a relactação ainda, a luta é grande viu. Mas estou tentando focar na alegria que é ter Daniel aqui conosco, lamber as crias junto com o marido, que tirou férias assim que minha mãe (que foi meus braços e pernas nas últimas semanas) foi embora. Têm sido dias de muita felicidade, e isso que importa.

Obrigada a todos vocês que perguntaram, torceram, se alegraram e deixaram tantas mensagens lindas pra nós. Muito obrigada mesmo, gente, vocês são os leitores mais fofos do universo.

Momento raro: ambos os dois dormindo simultaneamente ao mesmo tempo, oh gloria

P.S.: Hoje completamos 4 anos de casados. Marido, te amo muito!

25 comentários:

  1. Parabéns pelo novo bebê, o texto ta lindo. Deu pra sentir daqui a sua emoção de mãe! :)
    Parabéns!!

    Beijos!

    http://dai-demulherpramulher.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ju se fruste não. Eu tbm fui mãe de cesárea apesar de querer muito o parto normal. Não deu e ainda tive de aguentar os médicos conversando se era melhor carro a gasolina ou flex na HORA em que minha filha tava nascendo... (pelo menos que isso seja um indicativo de riqueza pra ela ter uma carro já aos 18 anos rsrsrsrs). Tive mais sorte na amamentação, tinha leite já antes do parto, e Lara mamou até 1 ano. Mas nem a frustração do parto cesárea nem a sorte de amamentar bem me fez menos ou mais mãe. óbvio que essa conclusão eu só tenho hj, na época sofri mt e por isso mesmo repasso minhas experiências. As pessoas costumam romantizar e até sacralizar essa coisa de ser mãe. É maravilhoso sim, mas o peito tbm PODE rachar, vc PODE ter depressão, vc PODE se sentir uma vaca e as pessoas têm medo de falar isso. Eu falo sem medo de ser apedrejada. Porque sempre que conto as partes ruins da gravidez/parto/criação de filho pra alguma mãe desesperada é como se ali ela conseguisse seu grupo de apoio pra seguir em frente. Pra quem consegue passar por todo esse processo lindamente parabéns, pra quem não, e acho que é a maioria, estamos aqui, é só chegar e desabafar porque gente pra encher a cabeça da gente de caraminholas e conselhos de TODOS os tipos tá cheio, agora pra oferecer um chocolate quente e ir trocar a fralda do seu filho enquanto vc penteia o cabelo....Bjo e boa sorte!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela família linda, por conseguir dar conta do blog c/ todas as responsabilidades q vc já tem na vida pessoal.
    Te desejo paz, tolerância, sabedoria p/ filtrar os comentários e "conselhos" alheios e muita energia p/ sempre seguir em frente.

    ResponderExcluir
  4. foto mais pacífica com um bebê e uma criança que eu já vi!

    e força Ju, sempre. Tinha 9 anos quando precisei dar apoio pra minha madrasta amamentar minha irmã e depois, quando não deu mais, o jeito foi esquecer os anseios pessoais e encarar o velho NAN de guerra pra pirralha ganhar uns quilinho :)
    relaxe que cada situação tem uma solução.
    beijoca nos buchechudos!

    ResponderExcluir
  5. Que belezura de família. Parabéns!!
    Ah. adorei o "ambos os dois dormindo simultaneamente ao mesmo tempo" hahahahaha imagino a raridade dessa cena rs

    ResponderExcluir
  6. Oun, que gracinha! Acho que essa parte dele ter nascido saudável e a irmã ter se acostumado à ideia é a melhor, né? Que bom que as coisas andam bem. :)

    ResponderExcluir
  7. Ju, parabéns pelos filhotes lindos. Vc merece. bjs

    ResponderExcluir
  8. Victória Ferreira13/03/13 11:04

    Parabéns pela sua família. Li seu post e no final, não pude deixar de rir rsrsrsrs. Bem, temos algumas coisas em comum. Sou de Manaus, conheci meu marido pela internet, vim morar no Nordeste, precisamente em Campina Grande-PB. Bem, isso eu já sabia, mas, fazer 4 anos de casada no mesmo dia que eu? kkkkkkkkkkkkkk. Hoje também faço 4 anos de casada. Parabéns e felicidades!!!

    ResponderExcluir
  9. Camila Vianello Bastazini13/03/13 12:57

    Parabéns pelos lindos filhos! Preciso dizer q te admiro por conseguir conciliar filhos, cozinha e blog! vc é uma super mãe! eu tbm tive problemas para amamentar e entrei com complemento com 1 mes. Hoje é assunto superado,o que importa mesmo é o nosso amor por eles. Felicidades pra vcs. beijo

    ResponderExcluir
  10. Parabéns, Ju, pela família maravilhosa que Deus te presenteou.

    ResponderExcluir
  11. Juliana, nunca vi uma foto tão linda na vida. Beijo grande pra vcs todos.

    ResponderExcluir
  12. Ju, mais uma leitora te parabenizando pela familia linda que vc tem! Curte muito pq o tempo passa rapido e logo logo eles estarao crescidinhos e constituindo familia....hehe Beijocas, Erika/SP

    ResponderExcluir
  13. Oi Ju, parabéns pela família linda!
    Sou mãe de um casalzinho como vc e que tb têm a mesma diferença de idade. A Laura fez 9 anos e o Artur vai fazer 6. Sou mãe de cesárea e muito feliz.
    Pra essa hora mágica em que os dois dormem ao mesmo tempo, quero muito te dar uma dica que funciona super bem e nunca tive problemas com o soninho das crianças desde pequenininhos: Tente assim que possível, colocar a Nanda pra tirar uma sonequinha logo após o almoço junto com o Daniel (todos os dias). Diz que é hora e finge que vc tb vai descançar. Em pouco tempo eles pegam esse ritmo e é td de bom. Até hoje, eles vão pra escola cedo, almoçam e tiram a "sesta", terá tempo pra vc e criança com rotina é mãe descançada. Vai por mim, Super bj,


    Patrícia

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pelo novo baby e pelo casamento.
    Que Papai do Céu continue abençoando o seu lar.
    Beijos
    Jack

    ResponderExcluir
  15. Oi Ju!!

    Parabéns pelos filhos lindos e saudáveis que tu tens!
    Parabéns pelos 4 anos de casamento!

    beijos

    Nara

    ResponderExcluir
  16. Cleo Coelho14/03/13 00:06

    Parabens!!!!

    ResponderExcluir
  17. Parabéns, pelos 4 anos de casada e pelas lindas crianças que povoam seu lar.

    ResponderExcluir
  18. Que foto linda é essa?

    <3 <3 <3 <3 (um coração para cada membro da família)

    ResponderExcluir
  19. Parabéns!!!Seus filhos são lindos!! Muita força e continue sendo essa pessoa criativa q é!!

    ResponderExcluir
  20. Oi Ju! meu filho vai fazer 7 meses dia 25.
    amamentar foi a coisa "física" mais difícil que fiz nos meus trinta e poucos anos de vida. não fica triste, não é fácil mesmo! não tive leite suficiente para dar só o peito, tive que complementar. tem coisas que fogem da nossa vontade, e a gente não pode dizer "corpo, faz mais leite!".o corpo não obedece.
    então vc tem que pensar que está fazendo o melhor que pode pelo Daniel,e desencana!!! não sinta culpa de ter pouco leite, se for o caso.
    um beijão para todos.
    Mauren.

    ResponderExcluir
  21. Juliana, linda de viver a foto das suas duas crias!!! Em relação a dificuldade de amamentar, isso pode acontecer com qualquer mãe, basta saber o que aconteceu ou pode estar acontecendo para melhorar a qualidade do aleitamento. Um dos fatores principais para o sucesso é iniciar a amamentação na primeira hora de vida, não sei se ocorreu com você pelo fato de ter sido cesárea. Mas o seu leite não é fraco, não precisa de complementação, a mulher fabrica de forma fisiológica o alimento para seu bebê que é perfeito até o sexto mês de vida, com potencial de prevenir doenças e muito mais. Essa conduta é recomendada pelo Ministério da Saúde que incentiva o aleitamento materno exclusivo até o 6 meses. Perto de você não tem Banco de Leite? Pesquise, pois eles ajudam muito as mães nesse momento. Encaminho um trabalho sobre Aleitamento e relactação para se orientar melhor e vencer esse obstáculo, tenho certeza que é capaz!!!! Com carinho, Janaína

    ResponderExcluir
  22. Procura no facebook o grupo Aleitamento Materno Solidário para te ajudar na relactação!!

    ResponderExcluir
  23. Olha o link do grupo: https://www.facebook.com/groups/aleitamentomaternosolidario/

    ResponderExcluir

Esta e outras receitas você encontra no www.pitadinha.com

Related Posts with Thumbnails