19 de dez de 2012

Bôla de sardinha


Pensei em colocar vários títulos neste post: "torta de sardinha", ou "bolo salgado de sardinha", mas já que vou contar a história, resolvi apresentá-la tal qual como a conheci: bôla de sardinha. Na verdade ela pode ser de qualquer coisa, mas a de sardinha é a mais tradicional.

Lá em Manaus toda confra que se preze tinha que ter uma bôla, pelo menos no meu tempo era assim. Não digo confra de fim de ano, mas sabe reuniãozinha que cada um leva uma coisa? Tinha que ter bôla. E toda lanchonete que se preze também. Inclusive, na lanchonete da primeira escola que estudei tinha uma maravilhosa, e a hora mais feliz do dia era a hora de comer a bendita bôla (também tinha uma pizza incrível e gigante, que eu tenho certeza que era feita com a mesma massa da bôla - ó as ideia). Quando achei essa receita consegui voltar no tempo na mesma hora, sentir o cheiro, sabor, tudo! Bateu uma saudade desse tempo, em que minha maior preocupação na vida era ter dinheiro pra comprar a bôla na hora do lanche, que era meio que um luxinho, sabe? Então pense na alegria da ~criança~ quando percebeu que poderia fazer uma inteirinha com as próprias mãos e depois comer quantas fatias quisesse? Ela é simples, não tem nada demais. Mas é fofa e molhadinha, ideal pra alimentar a criançada de férias em casa, e deixar nelas as mesmas deliciosas memórias desta receita que pra mim tem cara de saudade.
  • 5 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 2 colheres de sopa de fermento biológico seco (ou dois pacotinhos)
  • 1 xícara de óleo
  • 3 ovos
  • 400 ml de leite morno
  • Sal à gosto
  • 2 latas de sardinha
  • 1 cebola picada
  • 1 tomate sem sementes picado
  • Salsinha ou coentro à gosto
  • 1 xícara de azeitonas sem caroço picadas
  • 1 gema para pincelar
  1. Misture em uma tigela a farinha, o açúcar, o fermento, o óleo, o sal e os ovos
  2. Acrescente aos poucos o leite morno, até virar uma massa bem maleável e fofa (meio grudenta)
  3. Cubra a tigela com um pano e deixe em local abafado por uns 20 minutos
  4. Acrescente os demais ingredientes à massa, distribuindo-os bem (há quem prefira fazer uma camada de massa, outra de recheio e outra de massa por cima, mas eu acho que assim o recheio fica melhor distribuído)
  5. Unte uma assadeira média e distribua a massa, espalhando de forma uniforme
  6. Pincele a superfície com a gema batida
  7. Leve ao forno pré-aquecido a 180º até estar bem dourada e firme no centro
Como eu só tinha um pacotinho de fermento, fiz meia receita, mas como ela cresce bem, ainda rendeu fatias bem altas em uma fôrma de 20x20cm. Se for fazer a receita completa, uma assadeira retangular média dá conta do serviço =)

3 comentários:

  1. Aiiiiiiiiiiii....Delicia!!!!
    Com certeza vai ter aqui em casa!
    Amo seu blog! Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Boa noite, fiz essa receita na terça feira e não deu pra quem quis!!! Massa perfeita, fofa, excelente. Hoje está no forno outra e me atrevi fazendo recheio de camarão com catupiry. Mais tarde digo como ficou!!

    ResponderExcluir
  3. Perfeita!!! A de camarão ficou divina !! Marinei camarão...passei no azeite bem quente deixei uns 5 min +- (mais que isso ele fica duro)deixei esfriar. Metade massa camarão/azeitona sem caroço/catupiry (misturei numa tigelinha o catupiry e 1 copo de requeijão p ficar mais mole coloquei por cima o restante massa. Passei gema ovo e forno. Muito bom!

    ResponderExcluir

Gente, eu realmente gostaria de responder os comentários prontamente, mas na correria não tenho conseguido. Quando houver dúvida sobre as receitas, favor mandar por email (contato@pitadinha.com) ou na fan page (www.facebook.com/pitadinha) que lá eu respondo mais rápido! Obrigada pela compreensão!

Related Posts with Thumbnails