10 de fev de 2012

O bar do Armando


















































































O bar do Armando é aquele lugar onde você é super bem atendido(a), só que não.
Lá é só no dinheiro (não aceita cartão), você senta no meio da rua se não quiser derreter do lado de dentro do bar, as mesas são meio sujinhas e os garçons, que não são muito simpáticos, demoram pra caramba pra atender. O engraçado é que mesmo assim, você adora o lugar.

E fica com vontade de voltar, porque o bolinho de bacalhau é uma perdição e o sanduba de pernil é simplesmente imperdível. Então o bar do Armando, com esse seu jeitão de ser, habita em um casarão há mais de quarenta anos no centro de Manaus, ao lado do Largo São Sebastião. Ou seja, ninguém nem liga de ficar sentado na rua, disputando espaço com os carros, quando o visual que se tem do outro lado da praça é nada mais, nada menos que o Teatro Amazonas.

A decoração é feita basicamente por grades e prateleiras de bebidas, quadros com fotos do Sr. Armando e sua família/amigos, a bandeira do Brasil e de Portugal, país de origem do proprietário, e as camisetas de vários e vários anos da Banda da Bica, uma das mais tradicionais bandas de carnaval da cidade.

O que eu fiquei sabendo foi que Sr. Armando está internado, e achei bonito o jeito com que os clientes, que mais pareciam amigos, falavam do estado de saúde do Sr. Armando. Aquela preocupação e aquele pesar, como quem já se acostumou tanto com aquele senhor ranzinza que já o adotou como pai. A ponto mesmo de ficarem tristes só em pensar que "talvez dessa vez ele não passe". Fiquei olhando para a esposa do Sr. Armando atrás do balcão e de repente achei a antipatia dela até meio simpática, e entendi que aquele ar cabisbaixo era na verdade tristeza.

Fiquei pensando em omitir esta parte do post, mas acho que se a vida é assim, a gente tem que olhá-la por inteiro né. E saber disso tudo me fez olhar para aquele lugar com um carinho diferente. Acho até que o bar do Armando devia virar um postal, afinal de contas, imaginar aquele parte histórica do centro da cidade sem ele me pareceu como que tirar um pedaço enorme daquele cenário todo.

Se virasse um postal, eu iria querer um. E ia mandar pelo correio pra minha amiga Anna Terra <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta e outras receitas você encontra no www.pitadinha.com

Related Posts with Thumbnails