30 de jan de 2015

Pavê de doce de leite


Pavê é só amor, né gente? Este pavê de doce de leite, então, é amor em dobro. Tem vários elementos de sabores e texturas diferentes que no final fazem uma combinação explosiva e incrivelmente deliciosa. O ideal é usar um doce de leite mais cremoso, daquele mais molinho, sabe? E no final é só pegar a ponta do garfo e fazer esta gracinha pra decorar, afinal de contas, a gente come também com os olhos:
  • 600g de doce de leite
  • 2 copos de requeijão 
  • 1 lata de creme de leite
  • 2 pacotes de Tortinha de Chocolate Vitarella
  • 1 pacote de gelatina incolor 
  • Leite para umedecer os biscoitos
  • 1 colher de chá de essência de baunilha

  1. Bata no liquidificador o requeijão com o creme de leite, a gelatina hidratada conforme as instruções da embalagem e a essência de baunilha
  2. Umedeça as Tortinhas de Chocolate Vitarella no leite e cubra o fundo de um refratário médio
  3. Cubra a camada de tortinhas com metade do creme branco e leve ao freezer por 5 minutos para firmar
  4. Cubra o creme branco com metade do doce de leite
  5. Faça outra camada de tortinhas, creme branco e doce de leite
  6. Leve para a geladeira por no mínimo 1 hora antes de servir


Eu sei, eu sei, é gordice pura, mas gente, todo mundo P-R-E-C-I-S-A se dar de presente uma fatia desta coisa maravilhosa de vez em quando. Sabe experimentar aquela felicidade instantânea que só o açúcar proporciona? Tipo isso =)

28 de jan de 2015

Charque na moranga


Depois de mais de um ano sem ver minha mãe, finalmente ela pôde vir passar uns dias aqui comigo. E daí que tenho vontade de fazer pra ela todas as comidas do mundo e acabo monopolizando a cozinha, kkkkk. Mas neste dia foi ela quem assumiu as panelas e preparou esta delícia de charque na moranga que além de ser deliciosa contava com o ingrediente especial - aquele carinho que só a mãe da gente sabe colocar na comida:
  • 1 jerimum/abóbora moranga de tamanho médio
  • 1 copo de requeijão
  • 1 lata de creme de leite
  • 500g de charque/carne seca dessalgado, cozido e desfiado
  • 1 cebola pequena picada
  • 1 tomate pequeno picado
  • Salsinha a gosto picada
  • Pimenta do reino a gosto
  • 1 colher de sopa de vinagre
  • Azeite para refogar
  1. Corte uma tampinha na moranga e retire todas as sementes com uma colher
  2. Leve para cozinhar em uma panela grande com água e 1 colher de sopa de vinagre até poder espetar o garfo, escorra e reserve
  3. Refogue a cebola e o tomate no azeite e junte a charque desfiada
  4. Acrescente metade do requeijão e o creme de leite, incorpore tudo e reserve
  5. Pincele a outra metade do requeijão por todo o interior da moranga
  6. Recheie a moranga com o creme e sirva com arroz e farofa


Para dessalgar e desfiar a charque eu faço assim: coloco na pressão até começar a fazer o barulhinho, abro e troco a água. Faço isso por três vezes. Na terceira vez que troco a água eu deixo cozinhar por mais 20 minutos ou até que ela esteja macia. Daí escorro e depois que esfria passo no processador apenas pulsando, até ficar toda desfiadinha, mas tem quem faça no liquidificador ou na batedeira. 

P.S.: Pra quem mora em Recife e anda pelas bandas do Mercado São José, a melhor charque que já comi vende na banca do Fábio da Charque, bem no meio da feira que fica ao redor do mercado. É só pedir charque de coxão mole extra macio. Vem limpíssimo, quase nada de gordura. #nãoéjabá #édicadeamiga

26 de jan de 2015

Salada de pepino e iogurte #segundadasalada



Eu não gosto de pepino. No sunomono ainda vai, mas de resto, não curto. Mas sabe que depois que experimentei esta saladinha com iogurte super refrescante ele subiu bastante no meu conceito!? E me agrada ainda mais o fato de ficar pronta em segundos quando preparo no processador. É só misturar tudo e tan-dan: está pronto o acompanhamento perfeito pra um peixe, um frango grelhado, com quibe assado então, hummmm! 

  • 1 pepino japonês (pode ser do comum também)
  • 1 copo de iogurte integral (170g)
  • Hortelã a gosto
  • 1 colher de sopa de azeite
  • Sal e pimenta a gosto
  1. Corte o pepino em fatias bem fininhas (eu uso o fatiador do processador)
  2. Misture o iogurte com azeite, sal e pimenta e a hortelã  picadinha
  3. Misture o pepino com o molho de iogurte e mantenha na geladeira até a hora de servir
Incrível como a hortelã deixa tudo mais leve e refrescante, né? Adoooooro!

21 de jan de 2015

Biscoito amanteigado #vegano #lactofree #glutenfree


Que biscoito tem mais cara de infância do que esse, né gente? Ai, aquelas tardes assistindo Chaves e devorando inocentemente meu saquinho de biscoito... Que saudade de quando comia carboidratos sem nem saber o que era, kkkkk. Mas enfim. Pensando nas mamães com crianças que possuem restrições alimentares, que tal preparar nas férias um biscoitinho amanteigado #sqn né, já que não leva manteiga. Nem ovo, nem trigo, mas juro que fica gostoso, gente! O toque final é o pedacinho de goiabada, que eu troquei por Bananada Com Canela Tambaú e ficou uma delícia!!!!
  • 1 e 3/4 de xícara de amido de milho
  • 1 e 1/2 xícara de farinha de arroz
  • 3/4 de xícara de açúcar mascavo ou demerara (se usar o cristal, acho que 1/2 xícara é suficiente)
  • 1 pitadinha de sal
  • 1 colher de sopa de chia
  • 1/4 de xícara de água
  • 1 xícara de óleo de coco ou azeite
  • Bananada Com Canela Tambaú para decorar
  1. Em uma tigelinha misture a chia com a água e deixe descansar uns 15 minutos, até ela virar uma geleinha
  2. Misture os ingredientes secos com a chia hidratada e o óleo de coco/azeite com as mãos, até virar uma massa modelável
  3. Cubra com papel filme e leve para a geladeira por 1 hora
  4. Modele os biscoitinhos com as mãos e distribua em uma assadeira untada e enfarinhada com farinha de arroz
  5. Decore com pedacinhos de Bananada Com Canela Tambaú e leve ao forno preaquecido a 180 graus por 20 minutos
  6. Espere esfriar completamente antes de retirar da assadeira e servir
  7. Guarde em potinhos hermeticamente fechados para mantê-los crocantes
Não tenham medo de usar azeite, que é beeeem mais barato que o óleo de coco. Pode parecer esquisito usar azeite numa receita doce, mas no fim dá tudo certo!



19 de jan de 2015

Grão de bico ao vinagrete #segundadasalada


Cozinhou um monte de grão de bico e não sabe o que fazer com ele? Faz um vinagrete! É aquele tipo de salada fresquinha ideal para estes dias de verão derretedores de cozinheiras. O toque de limão faz toda a diferença e você pode adaptar com os ingredientes que quiser: quem não gosta de salsinha, usa coentro. Quem não gosta de cebola crua, pode usar alho frito. E atenção marmiteiros: dura 3 dias na geladeira!
  • 1 xícara de grão de bico
  • 1 folha de louro (opcional)
  • Sal e pimenta a gosto
  • 1 tomate picado
  • 1/2 cebola picada
  • Salsinha a gosto picada
  • Suco de 1 limão
  • Azeite a gosto
  1. Deixe o grão de bico de molho de 1 dia para o outro
  2. Torque a água e leve para cozinhar na panela de pressão com a folha de louro e sal a gosto
  3. Cozinhe por 30 minutos aproximadamente e escorra
  4. Espere esfriar e misture aos demais ingredientes
  5. Deixe na geladeira até a hora de servir


Eu sou suspeita pra falar já que amo grão de bico de qualquer maneira, mas acho que ele assim geladinho fica ainda mais gostoso =)

14 de jan de 2015

Fidelinho com tomatinhos confit


Sempre que ouvia falar em tomates confitados nem me interessava em descobrir como se fazia. Parecia tão refinado e fora do meu contexto de pressa eterna que pulava pra outra alternativa sem nem pensar. Mas nada que uma promoção de tomatinhos não me fizesse mudar de ideia. Apesar de demorar um pouco, estes tomates podem ser preparados e guardados na geladeira, como uma conserva, e salvar refeições de última hora. Os tomates mais deliciosos que já comi gourmetizaram a massa do almoço com tudo o que tinha direito: manjericão, parmesão ralado na hora e azeite pra dedéu...
  • 250g de tomates cereja ou grape
  • 1 xícara de azeite
  • 1 dente de alho descascado e fatiado
  • 2 folhas de louro
  • 1 pitada generosa de açúcar
  • Sal e pimenta a gosto
  • Manjericão fresco a gosto
  • 250g de Fidelinho Speciale Vitarella preparado conforme as instruções da embalagem
  1. Lave bem os tomates e corte ao meio
  2. Disponha em um refratário e cubra com azeite
  3. Adicione as folhas de louro e o alho fatiado
  4. Tempere com sal, pimenta do reino, polvilhe o açúcar
  5. Leve ao forno preaquecido a 180 graus por aproximadamente 1 hora e 30 min (ou até os tomates estarem caramelados como na foto)
  6. Retire do forno, adicione o Fidelinho Speciale Vitarella ao refratário e misture bem de forma que todos os ingredientes se misturem
  7. Finalize com folhas de manjericão fresco e parmesão ralado na hora

O azeite que cozinha lentamente o tomatinho ganha aroma e sabor incríveis! Se puder, reserve um pouquinho para usar em outras preparações. Você vai se apaixonar =)

Picolé de goiabada #receitadeférias


Quando eu era criança lembro que meu picolé preferido era o de goiaba. Mas era aquele bem ralinho, sem graça, sabe? Este aqui é bem cremoso e incomparavelmente mais delicioso. As crianças vão amar preparar com você esta delícia - e devorar depois também né?! Fica doce na medida certa: nem demais, nem de menos.
  1. Bata os ingredientes no liquidificador
  2. Coloque na picoleteira ou em copinhos de café descartáveis
  3. Coloque os palitinhos e leve para o freezer por 4 horas (melhor ainda de um dia para o outro)



Related Posts with Thumbnails