17/04/2014

Feijão de coco

Feriado da páscoa tá aí e por isso mesmo hoje tem um post especial com algumas receitas prestigiadas nesta época aqui em Pernambuco. Quando vim morar aqui não fazia ideia desta tradição de pratos exclusivos para a ocasião. Sabia que geralmente se come peixe, mas nunca tinha ouvido falar em feijão de coco, quibebe, bredo... Então falo como curiosa e apreciadora dos pratos, não como especialista. Pesquisei várias versões das receitas e tentei ser fiel ao conceito dos pratos, mas sei que há muitas variações e ainda bem né? Quando se trata de comida boa, quanto mais invenção, melhor! 



No vídeo tem receita de feijão de coco, simples de tudo e delicioso demais!!! Aperta o play e sente o cheirinho de coco invadindo a cozinha:


E CALARO que tinha que colocar as receitas do arroz, quibebe e peixe no molho de coco também:

Arroz de coco

1 cebola picada
2 dentes de alho amassados
2 xícaras de arroz
1 vidro de leite de coco Tambaú
2 xícaras de água fervente
Sal a gosto 
Azeite para refogar

Refogue o alho e a cebola no azeite, depois junte o arroz e refogue mais um pouco 
Acrescente o leite de coco, a água e o sal, misture bem e com a panela semi-tampada deixe cozinhando em fogo baixo até que a água seque

Quibebe (purê de jerimum)

1/2 cebola picada
1 colher de sopa de manteiga
500g de jerimum (abóbora) picado
1 xícara (chá) de leite de coco Tambaú
Sal e pimenta a gosto

Em uma panela cozinhe o jerimum (sem casca) até ficar macio. Escorra a água e bata o jerimum com o leite de coco no liquidificador. Refogue a cebola na manteiga, junte o creme batido de jerimum e acerte os temperos se necessário.

Peixe ao coco

1 pimenta dedo de moça
1/2 xícara de leite de coco Tambaú
2 colheres de sopa de suco de limão
Coentro picado a gosto
Sal a gosto
1 cebola picada
1 dente de alho picado
4 postas de peixe (usei pescada branca)
Farinha de trigo para polvilhar (opcional)
Azeite para refogar


Disponha as postas em um refratário e tempere com a pimenta picadinha, sal e o suco de limão. Deixe na geladeira por 1 hora. Passe as postas de peixe na farinha e depois doure as postas no azeite, reserve. Na mesma panela refogue o alho e a cebola, junte o leite de coco e adicione as postas. Deixe cozinhando em fogo baixo e panela tampada por 10 a 15 minutos. Apague o fogo e finalize com o coentro picado.

Delícia ou delícia? 



16/04/2014

Bolinha de frango e gergelim


Tão simples que parece até mentira! Pra servir de petisco prazamiga de dieta ou pra ter o que beliscar na hora da fominha, estas bolinhas são perfeitas =) Quem tirou a lactose da alimentação pode usar leite de coco - na minha opinião ficou mais gostoso! Você pode só enrolar e deixar na geladeira ou assar pra dar aquela tostadinha no gergelim, o que também não é nada mal. Seguinte:
  1. Bata no processador/liquidificador/mixer 3 xícaras de frango cozido e desfiado + 4 ou 5 colheres de iogurte ou leite de coco + temperinhos a gosto (capriche nas ervinhas) até se transformar em uma massa modelável (tipo a da foto)
  2.  Com as mãos molhadas faça as bolinhas
Pra terminar:
  • Se for assar: passe as bolinhas no ovo batido e depois em uma misturinha de gergelim branco e preto. Leve ao forno preaquecido no máximo por 10 minutos ou até o cheirinho do gergelim invadir a casa. 
  • Se não for assar: é só fazer as bolinhas, ~empanar~ no gergelim e manter na geladeira até a hora de servir
Esta quantidade rendeu mais ou menos 15 bolinhas. Ele fica bem úmido por dentro, e com o leite de coco fica um perfume todo especial, hummm!



O ministério #voltacintura aprova esta receita.

Resultado do Sorteio - Paladar Recife


Parabéns Tainá!!! Vou repassar seu email para a Gabi para combinarem a retirada do prêmio!

Obrigada a todo mundo que participou, suas linda! :*


__________________________________________________
A Gabi, leitora aqui do blog, quis fazer uma surpresa para nossos leitores de Recife que eu amei! É que ela é dona da Paladar, uma fábrica de bolos e outras delícias direcionadas ao público que não pode consumir lactose. Ela criou a empresa quando descobriu que era intolerante e sentiu na pele a falta de opções pra quem possui restrições alimentares. Inclusive ela realiza entrega em toda a cidade, o que facilita muito a vida né não?


Especialmente para esta época do ano ela criou esta receita delícia de bolo de chocolate com ganache enriquecido com biomassa de banana verde, tudo sem lactose, é claro. O bolo tem 15 cm e pra mim tem um ingrediente fundamental - aquele quê de bolo caseiro, feito com amor. Então o sorteio vai funcionar assim:
  • Deixe um comentário neste post com nome e email 
  • Só pode participar quem mora em Recife e região metropolitana
  • O(a) ganhador(a) terá que buscar o prêmio no dia 16 a partir das 13h até dia 17 ao meio dia 


Vou fazer o sorteio à moda antiga mesmo: vou anotar o nome de todo mundo no papelzinho e gravar um vídeo do sorteio. Vou postar aqui no blog no dia 15 o resultado, combinado?

Boa sorte!

*Este post NÃO é um publieditorial

14/04/2014

Mousse de morango com calda #voltacintura

 

Como eu sei que não é fácea a vida na segunda-feira, cá estou pra ajudar a dar uma melhorada na vibe. Eu não sei vocês, mas não tem caos na vida que uma sobremesa não me ajude a resolver. Se for levinha então, é amor demais e meio caminho andado pra ficar tudo lindo, tudo azul. Eu sei que é conversa de compulsiva essa coisa de resolver problemas com comida e não tô dizendo que isso é certo, só tô dizendo: quem, nunca? =) Olha que fácil:
  • 1 bolinha de ricota
  • 200ml de leite ou iogurte (pra quem corta gordura, usa a versão desnatada)
  • 1 pacotinho de gelatina de morango zero açúcar (pode ser suco também)
  • 200g de morangos
  • Adoçante a gosto
  1. Coloque os morangos inteiros com 1 dedo de água em uma panela no fogo baixo
  2. Bata no liquidificador/processador a ricota com a gelatina + iogurte/leite até ficar bem homogêneo
  3. Transfira para um refratário pequeno ou taças individuais e deixe na geladeira
  4. Quando o morango estiver cozido, apague o fogo e adicione algumas gotinhas de adoçante (usei sucralose) - a gosto 
  5. Quando a calda estiver fria, espalhe sobre a mousse e decore com uma folhinha de hortelã - mantenha na geladeira até a hora de servir
Pra deixar a calda nessa consistência eu faço assim: quando o morango está bem molinho, eu apago o fogo e saio amassando tudo com o amassador de batatas sem dó nem piedade. Mas você pode mexer bastante com uma colher de pau até que os pedaços de morangos estejam do tamanho que você quiser.



O sabor lembra de danoninho, sabe? E ninguém nem desconfia que é feito com ricota... É uma delícia!!!

Pra quem tem intolerância a lactose pode usar tofu! #ficadica

11/04/2014

Canelone de ricota com massa de abobrinha #lowcarb


Só me pergunto uma coisa: como eu nunca preparei esta delícia antes? É tão fácil, tão prático, e tão, mas tãoooo gostoso que quero fazer todo dia!!! Além de ser levíssimo, o que também é muito importante, apesar do sabor não parecer nem um pouco com ~comida de dieta~. Falo seríssimo: tenho um novo vício, e o nome dele é canelone de abobrinha #inlove
  • 1 abobrinha grande ou duas médias bem lavadinhas
  • 1 bolinha de ricota
  • Ervas, sal e pimenta a gosto
  • 1 fio de azeite
  • 340 g de molho pronto Tambaú (usei o molho com azeitonas)

  1. Utilizando um descascador de legumes, faça fatias finas da abobrinha
  2. Esfarele a ricota com um garfo, tempere com sal, pimenta, ervas (usei orégano) e azeite a gosto
  3. Sobreponha duas fatias de abobrinha, coloque uma porção de ricota temperada em uma das pontas e enrole
  4. Repita até terminarem as fatias e arrume os canelones em um refratário
  5. Cubra com o molho de tomate Tambaú e leve ao forno preaquecido a 180º por 30 minutos

Juro que o marido ficou perguntando como eu tinha ~feito~ a massa de abobrinha, não acreditando que se tratava apenas de abobrinha fatiada. E ó, pode usar qualquer recheio: carne moída, frango, um creme de espinafre... 

Que tal preparar pro almoço de domingo? 


09/04/2014

Batata gratinada basicona


Às vezes a gente só precisa de um acompanhamento infalível. Que seja simples o suficiente para ser preparado e gostoso o suficiente para arrancar suspiros de quem come. Eu precisava de um acompanhamento assim para servir com aquele arroz de bacalhau, lembra? E ó: que casamento perfeito, viu?! Certezíssima que eu irei servir os dois sempre juntos daqui pra frente, anota aí. Anota aí também a receita das batatinhas:
  • 4 batatas inglesas descascadas e cortadas em rodelas
  • 2 xícaras de leite
  • 2 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • Noz-moscada e sal a gosto
  • Parmesão ralado pra finalizar

  1. Cozinhe as batatas - pero no mucho, tem que ficar al dente - com sal (eu gosto de colocar alho na água das batatas, fica uma delícia!
  2. Derreta a manteiga em uma panela, junte a farinha e misture bem, vai virar uma gororoba
  3. Vá adicionando o leite poucos e misturando bem a cada adição (se usar um fouet é melhor para desfazer os gruminhos)
  4. Misture bem até que o creme esteja espesso e liso
  5. Apague o fogo, misture a noz-moscada e o sal a gosto
  6. Distribua as batatas em um refratário e cubra com o creme
  7. Finalize com o parmesão ralado e leve ao forno preaquecido no ponto mais alto
  8. Retire do forno quando estiver bem dourado (aqui foram uns 35 minutos)


Nada mais simples, nada mais gostoso. O simples as vezes é tudo o que a gente precisa.

07/04/2014

Bolo de chocolate da Rita Lobo


Dia desses li uma frase que dizia: "muitas coisas são resolvidas com gentilezas, outras com cafuné e algumas só com bolo de chocolate". Então eu imediatamente me diagnostiquei no terceiro caso e fui pra cozinha testar esta receita da Rita Lobo, que como todo mundo sabe, só tem receita infalível. É uma receita tipo basicona, simples, perfeita pra quem está começando. Não tinha todos os ingredientes da ganache, então improvisei mas com todo o respeito, afinal, a #diva #musa Rita dispensa adaptações.
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento para bolo
  • 1 xícara de água
  • 1 xícara de óleo
  • 1 xícara de chocolate em pó
  • 1 xícara de açúcar
  • 4 ovos
  • 1 pitadinha de sal
  1. Peneire em uma tigela grande a farinha, o chocolate, sal e o fermento
  2. Bata em outra tigela os ovos, o açúcar, o óleo e a água
  3. Adicione a mistura molhada à mistura seca aos poucos misturando bem a cada adição - usei um batedor de arame mesmo (fouet)
  4. Transfira o bolo para uma fôrma untada e polvilhada  (a Rita dá a dica de misturar farinha com chocolate em pó para polvilhar a fôrma, assim o bolo não fica com aquela casquinha branca)
  5. Leve para assar em forno preaquecido a 180º por 30 minutos ou até passar no teste do palito
Para a cobertura misturei 1 lata de creme de leite com 5 colheres de sopa de chocolate em pó + 1 colher de manteiga e levei ao fogo mexendo sempre até engrossar. Depois do bolo desenformado e já frio, joguei a cobertura e  ralei um quadradinho de chocolate meio amargo em cima. #simplesassim


Com sua licença, dona dieta, mas só tenho espaço pra você na minha agenda amanhã. 

Bju, me liga :*
Related Posts with Thumbnails