2 de mar de 2015

Bolo de chocolate com arroz integral #segundalevinha



Isso mesmo, este bolo leva arroz integral na massa e é simplesmente D-E-L-I-C-I-O-S-O. Eu achei tão genial esta receita das meninas do Intolerantes na Cozinha que sabia que precisava testar - e depois contar pra vocês, claro. Aproveitei um restinho de arroz do almoço de domingo e corri pra cozinha. O resultado desta mistura de ingredientes tão inusitada rendeu um bolo incrivelmente macio, fofinho, com denso sabor de chocolate e o melhor: é sem lactose e pode ser também sem glúten para os intolerantes não passarem vontade:

  • 3 ovos (claras e gemas separadas)
  • 1 e 1/2 xícara de arroz integral cozido temperado apenas com sal (use as sobras)
  • 1 xícara de açúcar (usei demerara) 
  • 1/3 de xícara de farelo de aveia (ou quinoa em flocos para uma versão sem glúten)
  • 1/2 xícara de leite de coco
  • 1/2 xícara de óleo de coco ou azeite
  • 3 colheres de sopa de cacau em pó ou 6 colheres de chocolate em pó
  • 1/2 xícara de amido de milho
  • 1 colher de sopa fermento em pó
  1. Bata no liquidificador todos os ingredientes menos o fermento e as claras
  2. Bata as claras em neve
  3. Em uma tigela, misture 1/3 das claras em neve com a massa do liquidificador e incorpore tudo
  4. Acrescente o restante das claras e o fermento delicadamente, até virar uma massa homogênea
  5. Transfira para uma fôrma untada e polvilhada com cacau ou chocolate em pó
  6. Leve ao forno preaquecido a 180º e asse por cerca de 30 minutos ou até passar no teste do palito

Coloquei uma colherada generosa de peanut butter com coco e chocolate que o marido trouxe de viagem e joguei umas framboesinhas por cima, mas nem precisava. Ele sem nada já é super delicioso. Quer dizer, com um cafézinho todo bolo fica bem acompanhado, né?

27 de fev de 2015

Bobó de frango




De repente me bateu uma vontade de comer vatapá. Mas não qualquer vatapá, e sim o da minha mãe, que é o melhor do mundo. Como ela está longe, eu não sei fazer vatapá, e o camarão não tá cabendo no meu bolso, fiz bobó de frango. Quem não tem cão, caça com gato. Eu tenho verdadeira paixão por azeite de dendê, O perfume, a cor, o sabor, amo!!!

Esta receita serve muitas pessoas, umas 8 porções bem servidas ou até 10, dependendo da fome. Por isso, é uma forma deliciosa e barata de alimentar muita gente. Para acompanhar, nada melhor que uma farofinha e arroz branco.

  • 1 peito de frango cortado em cubos temperado com suco de limão, sal e pimenta
  • 1 cebola
  • 1 tomate
  • Salsinha a gosto picada
  • 300g de macaxeira (aipim) cozida
  • 400ml de leite de coco
  • 4 colheres de extrato de tomate
  • Azeite de dendê a gosto
  • Sal e pimenta a gosto
  • Azeite para refogar
  1. Refogue a cebola e o tomate no azeite
  2. Refogue os cubos de frango com a cebola e o tomate até estarem cozidos
  3. Acrescente o extrato de tomate e a salsinha
  4. Bata o leite de coco com a macaxeira cozida no liquidificador
  5. Transfira para a panela e misture tudo, cozinhe por 10 minutos
  6. Acrescente o azeite de dendê, misture bem, e deixe apurar por 5 minutos

O azeite de dendê tem que ser colocado aos poucos, pois é fácil errar a mão. E tem que ser assim, no finalzinho mesmo. Achei engraçado o nome deste azeite "Ó paí, ó" kkkkk mais baiano, impossível ;)

23 de fev de 2015

Arroz com tudo dentro #SegundaLevinha


Eu AMO pratos únicos. Salvam a pátria, o almoço, e às vezes até aqueles restinhos que estão perambulando sem destino na geladeira/despensa. 
Este arroz saiu assim: muita pressa, pouco tempo e um cansaço danado. E né que deu certo? Pra servir quente ou frio, no domingo preguiçoso ou na marmita da segunda-feira, tá valendo:
  • 4 xícaras de arroz cozido (usei integral)
  • 1 lata de atum ralado (já escorrido)
  • 1/2 xícara de cenoura ralada
  • 1 lata de milho verde (sem a água)
  • Salsinha a gosto
  • Gergelim a gosto (opcional)
  • 1 fio de azeite
  1. Misture todos os ingredientes
  2. Acerte os temperos se necessário


Eu ainda tostei umas lasquinhas de amêndoas e joguei por cima na hora de servir, que hummmm!!! Mas ainda fiquei com vontade de colocar umas uvas passas também, na próxima vou testar =) Esta quantidade serve quatro pessoas, e vale por uma refeição completa! Boa semana :*

20 de fev de 2015

Molho barbecue super fácil


Eu adoro costelinha ao barbecue. Tanto a daquele restaurante famoso quanto a genérica que preparo em casa. Dia desses conversando com uma amiga que é cozinheira de mão cheia, quase caí pra trás quando vi sua versão express de molho barbecue. Como assim, tão poucos ingredientes?! Eu tinha que testar. No mínimo, ficaria deliciosa. Achei a combinação de geleia com mostarda simplesmente genial =)
  • 1 garrafinha de Mostarda Tambaú
  • 1 geleia de uva ou framboesa
  • 3 colheres de sopa de Molho Inglês Tambaú
  • 1 costela suína
  • Sal e pimenta a gosto
  • Suco de 1 limão
  • 1 dente de alho picado

  1. Tempere a costela com o suco de limão, o sal, a pimenta e o alho e deixe marinando de um dia para o outro
  2. Leve ao forno médio coberta com papel alumínio até ficar bem macia
  3. Retire o papel alumínio e aumente a temperatura do forno ao máximo
  4. Misture a geleia com a mostarda, o molho inglês, pimenta do reino a gosto e, caso ache necessário, acerte o sal. O ideal é que esteja agridoce
  5. Quando a costela começar a dourar, retire do forno, regue com um pouco do molho e volte para o forno
  6. De vez em quando repita o processo, de forma que o molho vá criando uma espécie de caramelo envolvendo a costela, eu fiz isso umas 4 vezes. O ponto da costela é quando a carne solta fácil do osso
  7. Sirva com arroz e  batatinhas

Se quiser, asse algumas cebolas daquelas pequeninhas junto, ficam uma delícia!



18 de fev de 2015

Suflê de espinafre #glutenfree #lactofree


Estou tentando apresentar os legumes e verduras de uma outra forma para as crianças nas refeições, vai que né? #mãedesesperada Ao invés de salada, que tal um arroz integral com cenoura? Um frango xadrez com brócolis e acelga? Ou um suflê de espinafre? Às vezes funciona, às vezes não, e a gente segue tentando. Mas o que mais me impressionou neste suflê foi o rendimento! Taí uma receita barata para servir muitas pessoas. Em tempos de economia total, toda ideia  é bem vinda:
  • 6 ovos
  • 2 xícaras de folhas de espinafre lavadas e cozidas no vapor (usei 4 cubinhos de espinafre congelado que deixei descongelar em temperatura ambiente)
  • 3 colheres de amido de milho
  • Sal e pimenta a gosto

  1. Bata as gemas com o garfo mesmo, adicione o amido de milho e misture bem
  2. Junte o espinafre picado, tempere com sal e pimenta a gosto e reserve
  3. Bata as claras em ponto de neve
  4. Misture as claras com o creme de espinafre aos poucos e com delicadeza para manter o "aerado"
  5. Transfira para uma fôrma untada e enfarinhada com amido de milho e leve ao forno preaquecido a 230 graus até ficar douradinho


Quem não tem intolerância à lactose, pode caprichar no parmesão nesta receita que fica tudo =)

16 de fev de 2015

Como fazer farinha sem glúten e um bolo perfumado #SegundaLevinha


Muita gente se decepciona ao tentar fazer uma receita de bolo sem glúten apenas trocando a farinha de trigo pela farinha de arroz, por exemplo. A substituição não é tão simples, uma vez que é justamente o glúten presente no trigo que deixa o bolo fofinho. E por isso existem as farinhas sem glúten, que na verdade são uma mistura de vários componentes que nas receitas de forma geral e principalmente na confeitaria se aproximam bastante do resultado que teríamos com o trigo. Porém, além de não ser muito fácil de se encontrar, tem aquele probleminha do preço, que né, vamo combinar. #assalto

Mas você pode preparar a sua própria farinha sem glúten e assar bolos lindos e deliciosos como este da foto. E sabe a melhor parte? O precinho =) Existem várias receitas pela internet, com várias proporções e  ingredientes diferentes, mas a que achei mais simples e acessível foi esta:

  • 3 xícaras de farinha de arroz
  • 1 xícara de fécula de batata
  • 1/2 xícara de polvilho doce
É só misturar tudo e guardar num recipiente. A primeira vez que testei minha farinha sem glúten foi para preparar este bolo, e usei proporções que usaria se fosse usar trigo para fazer um teste. Ficou muito, mas muito macio, gente. Delicioso!

Bolo de coco com perfume de limão #Lactofree #Glutenfree

  • 2 xícaras de farinha sem glúten
  • 3 ovos
  • 1 xícara de açúcar (usei demerara)
  • 1/2 xícara de leite de coco
  • 1/2 xícara de óleo de coco(você pode usar outro óleo vegetal, mas o de coco é mais saudável)
  • 1 colher de sopa de fermento
  • Raspas de 1 limão
  • 1 pitadinha de sal
  • 50g de coco ralado
  • 1/2 colher de sopa de goma xantana (opcional)
  1. Na batedeira, bata os ovos com o açúcar, o óleo e o leite de coco até dissolver bem o açúcar
  2. Adicione a farinha e o fermento
  3. Por último, adicione as raspas de limão, o coco ralado, o fermento e a goma xantana
  4. Transfira para uma assadeira untada e enfarinhada e asse em forno preaquecido a 180 graus até passar no teste do palito


Considerações:
  • Todos estes ingredientes são encontrados em casas de produtos naturais, empórios, e até em alguns supermercados
  • A goma xantana não é imprescindível para a receita, mas ajuda a deixar o bolo mais fofinho. Ela deixou a massa do bolo super pesada na hora que misturei, até achei que não ia dar certo, mas ele cresceu lindamente e não ficou solado.
  • O açúcar demerara costuma demorar para dissolver além de escurecer bastante as receitas, mas se você bater no liquidificador ele vira um açúcar fininho e mais claro, funcionando perfeitamente em receitas onde se usaria o açúcar cristal
Bom feriado, gente!

13 de fev de 2015

Almôndegas funcionais




Almôndegas são uma excelente opção para incluir ingredientes "secretos" na refeição. Envolvidas num molho caprichado e acompanhadas de uma bela massa, ninguém desconfia o que você colocou lá dentro hohoho. Desta vez os escolhidos foram: chia, hortelã e couve. Se os seus pequenos fazem cara feia pra qualquer coisa verde que apareça no prato como os meus, se joga na almôndega! Juro que ninguém vai desconfiar =)

  • 500g de patinho moído
  • 1 dente de alho picado
  • 2 colheres de sopa de chia
  • 2 folhas de couve bem lavadas e picadas
  • Folhas de hortelã a gosto picadas
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • 50g de parmesão ralado
  • 1 lata de tomates pelados
  • 1 pacote de Fidelinho Speciale Vitarella
  1. Misture a carne moída com o alho, a chia, o queijo ralado, a couve e a hortelã
  2. Tempere com sal e pimenta a gosto e misture bem 
  3. Modele as almôndegas com as mãos e disponha em uma assadeira untada
  4. Leve ao forno máximo preaquecido até começarem a dourar
  5. Enquanto isso, prepare o Fidelinho Speciale Vitarella conforme as intruções da embalagem e reserve
  6. Abra a lata de tomates pelados e transfira para uma panela onde caibam todas as almôndegas
  7. Tempere os tomates pelados com sal e pimenta e despedace-os com a colher ou utilizando um amassador de batatas
  8. Transfira as almôndegas para a panela dos tomates, misture e cozinhe em fogo baixo por cinco minutos ou até estarem totalmente cozidas por dentro
  9. Sirva o Fidelinho com as almôndegas e bastante parmesão ralado na hora


A hortelã dá um toque de frescor na receita que nem sei como nunca tinha experimentado antes! E nem se preocupe. Não precisa de farinha de rosca, nem ovo, nem de pão amanhecido. O parmesão e a chia dão o ponto certo para as almôndegas ficarem perfeitas =)

Related Posts with Thumbnails